Quantos me visitaram ?

20 de maio de 2008

O CIRCO E O POETA




























Na última segunda-feira, dia 19 de maio deste ano, Alckimar Santos lançou na UFSC seu livro CIRCENSES, com ilustração de Rodrigo de Haro, pela Editora 7
Letras. O livro custa R$ 20,00.
Um coquetel foi oferecido a alunos, professores e a muitos convidados que prestigiaram o concorrido evento.























A poesia que Alckimar Santos nos apresenta em seu último livro CIRCENSES é uma poesia requintada, onde a palavra, tratada por ele com esmero, cuidado e perfeição, nos traz o devaneio da beleza, impondo-nos uma constante atenção ao texto. Poderíamos citar aqui inúmeros autores, para justificarmos uma análise, baseada nas mais recentes teorias da crítica literária, mas não é o caso, pois nesse BLOG, estamos sempre preocupados em orientar nossos leitores para uma boa leitura, para os bons textos. Nossas palavras, portanto, não são direcionadas exclusivamente ao público acadêmico e terão o propósito – pensamos assim - de divulgar os trabalhos construídos esteticamente, para um público sensível ao belo. A poesia de Alckmar Santos, em CIRCENSES, se apresenta como forma (ó) sem forma (ô), isto é, sem a redundância do tema como, aliás, já dissera Paulo Henriques Brito na apresentação da obra: “sem resvalar para o óbvio”. Bráulio Tavares, autor de ABC de Ariano Suassuna, diz que a poesia “exige do poeta uma consciência muito aguda do que escreve, e exige o mesmo do leitor que lê”. Concordando com isso, diremos que Alckimar Santos é aquele poeta que tem plena e total consciência da palavra que tece em seus versos, com o mistério da arte envolvendo sempre o leitor, que deverá ficar atento à escritura que tem em mãos, pois, assim, terá a oportunidade de ser também, pelo menos, co-responsável pelo êxtase, ao interpretar a escrituração do poeta.

ALCKIMAR é natural de Silveiras, SP. Cursou ciências exatas, com formação em engenharia eletrônica, fez mestrado em teoria literária na Unicamp e doutorado em Paris, com orientação de Julia Kristeva. Publicou: a) Poesias: Rios imprestáveis; Retrato e percurso; Meu tipo inesquecível; Dos desconcertos da vida, filosoficamente considerada (poema digital). b) Romance: São Lourenço. c) Ensaios: Leituras de nós; Ciberespaço e literatura.
Até a próxima.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Balneário Camboriú, Sul/Santa Catarina, Brazil
Sou professor adjunto aposentado da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Sou formado em Letras Clássicas pela UERJ. Pertenço à Academia Brasileira de Filologia (ABRAFIL), Cadeira Nº 28.