Quantos me visitaram ?

28 de julho de 2011

LÁGRIMA


Uma lágrima de luz
brilhante e transparente,

nascida imprudentemente

da humana inconseqüência de amar.

Lágrima louca, tu és

a distorção e a inversão do Outro,
que sempre procurei dentro do espelho.



E meus olhos choram,

e refletem no ar

a tua imagem angustiada,
plena daquele brilho estúpido

que estão nos olhares dos santos,
que só sabem perdoar.









ATÉ A PRÓXIMA


Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Balneário Camboriú, Sul/Santa Catarina, Brazil
Sou professor adjunto aposentado da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Sou formado em Letras Clássicas pela UERJ. Pertenço à Academia Brasileira de Filologia (ABRAFIL), Cadeira Nº 28.